sexta-feira, maio 11, 2007

34 - nada

quanto mais penso, mais vontade me dá de desistir, de parar, de deixar de amar, de deixar de confiar, de deixar de acreditar... de morrer.
nada resta senão este corpo pesado, abarrotar de dor. nem um sonho realizado. nem um sorriso sem ser forçado. nada de nada. eu e só eu. ou seja, nada.
perdi-me em ti. acreditei e agora morri. perdi-me em mim. acreditei e agora morri.
arte de representar, um sonho. psicologia, um sonho. escrita, um sonho. amar, um sonho. ser feliz, um sonho. a minha vida? um sonho. nada real, nada, nada, nada...

eu. simplesmente eu.
ao final da tarde, semi-deitada, a olhar-me, escrevo a história do dia seguinte. porque conheço a minha vida, sei-a de cor. escrevo-a, já que não a vivo.


permaneço viva nos meus sonhos, mas morta na minha vida.

18 comentários:

  1. É um mistério, mas todos os dias renascemos.

    ResponderEliminar
  2. Essa frase final... li e reli. bem... uf.

    ResponderEliminar
  3. Os teus olhos estão repletos de palavras, são imenso oceano de profundo sentir, guardam a mágoa, a esperança que te impedem o partir, olhos que vêm para além do infinito...

    Boa semana

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  4. É preciso morrermos para podermos renascer!
    Beijo e abraço apertado! ;)

    ResponderEliminar
  5. Por isso é que o Outro resuscitou ao fim de 3 dias... a mesma vida, várias etapas, sempre uma versão "melhorada, revista e ampliada" de nós mesmas!
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Olá

    são pedaços reais da vida. às vezes é importante morrermos para renascermos.. Bjhs e bom resto de semana

    ResponderEliminar
  7. melhore a sua vida ajudando quem precisa:

    http://absolutamenteninguem.blogspot.com/2007/05/special-one.html

    ResponderEliminar
  8. È acordar sabendo o final do dia que mal comecou... é um pintor olhando para uma página branca, sabendo o desenho final e não ter a minima inspiração para o desenhar... dias em que as cores perderam a vitalidade e a canção dos passáros perderam ritmo e significado...
    Mais um daqueles dias sobrevividos em vez de vividos... não por vontade mas pela ausência dela, perdida algures no tempo com a lembrança de alguém que um dia lhe deu significado.

    Como eu te compreendo.

    ResponderEliminar
  9. .
    Olá Blogger. Seja qual for o teu Partido Político, vamos melhorar Portugal?!
    .
    .
    Divulguém o seguinte tema a 5 Bloggers. Divulguém também nas vossas JUNTAS de Freguesia e/ou nas vossas
    PARÓQUIAS. Depois façam TERTÚLIAS sobre o tema.
    .
    ------------------------
    .
    TEMA: " Má Temática ". Porque é que os Portugueses não gostam dela ?
    .
    ------------------------
    .
    RESPOSTA 1: Porque não são Burros. Iam lá eles perder tempo com Más
    Temáticas!!
    .
    .
    RESPOSTA 2: Por causa da .............. Língua ................ Portuguesa!!!
    .
    .
    SOLUÇÃO: Acabem com a Língua Portuguesa e metam todos a estudar INGLÊS. Em
    especial os Pais.
    .
    .
    EFEITOS NEFASTOS DA LÍNGUA PORTUGUESA:
    .
    Somos o País mais DOENTE e mais INFELIZ da Europa:
    .
    i - "Desperta Dôr", "Trabalha Dôr", "Ih Nova Dôr", "Eleva Dôr", Filho "Adora Dôr", .................centenas.
    .
    ii - "Dó na" Sara, "Dó na" Maria, "Dó na" Manuela, "Dó na" MaDaLena,
    ................ centenas.
    .
    iii - Dê Cú (Deco - Defesa do Consumidor), Quer Cús (Quercus - Defesa do Ambiente), Cú Cá Cú Lá (Coca Cola - Bebida), Cú É Tara (Cuétara -
    Bolachas), Quantos Anús tens? ............
    .
    .
    .
    ARTIGOS para a TERTÚLIA:
    .
    .
    Artigo 1 - Parabéns ao Canadá:
    .
    Os alunos Portugueses, no Canadá, foram ROTULADOS ( !!!!!!!!! )
    .
    .
    i - "como portadoras de deficiências de aprendizagem,
    .
    e
    .
    ii - com menor grau de aptidões que a população em geral" .
    .
    .
    em http://jn.sapo.pt/2006/03/05/ultima/filhos_portugueses_discriminados_esc.html
    .
    .
    .
    Artigo 2 - Parabéns à Suiça:
    .
    "Escola impede estudantes de frequentar aulas de português".
    .
    http://jn.sapo.pt/2007/02/25/sociedade_e_vida/escola_impede_estudantes_frequentar_.html
    .
    DICA: Contratem um Professor de Alemão ou Francês ou Italiano e metam os PAIS desses alunos a frequentar essas Línguas.
    .
    .
    .
    Artigo 3 - Pais regressam à escola
    .
    "ensinar os pais dos alunos de 51 escolas primárias e de jardins-de-infância
    do concelho a falar em inglês".
    .
    http://jn.sapo.pt/2007/01/31/porto/pais_regressam_a_escola.html
    .
    .
    .
    Artigo 4 - Ex-professor ensina inglês ao microfone de uma rádio
    .
    http://jn.sapo.pt/2007/02/04/norte/exprofessor_ensina_inglesao_microfon.html
    .
    .
    .
    Para os ALUNOS do 12º ano que vão para a UNIVERSIDADE / POLITÉCNICO na área da ENGENHARIA:
    .
    Quando chegarem à Universidade / Politécnico ides conhecer o CASAL MAIS IMPORTANTE DE
    PORTUGAL:
    .
    A Senhora EQUAÇÃO DIFERENCIAL e o Senhor INTEGRAL.
    .
    .
    --------------------------------------
    SÓ PARA QUEM GOSTE DE LER:
    --------------------------------------
    .
    "As PALAVRAS ÚTEIS Portuguesas estão, PRACTICA-MENTE, todas XUNGADAS!", em
    http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2005_12.html#870309
    .
    .
    Braga (mas Lisboeta -
    http://jn.sapo.pt/2007/02/27/opiniao/a_invasao_mourisca.html ), 23.2.2007.
    .
    mauricio_102@sapo.pt

    ResponderEliminar
  10. Estas tuas palavras são tristes e por demais solitárias.
    ...
    Entendo-as.
    ...

    ResponderEliminar
  11. Faz-me lembrar a letra de um fado : "...tu que nasces e renasces sempre que algo morre em ti..." :)

    ResponderEliminar
  12. A morte chega lenta nas pequenas coisas...
    um abraço
    brisa de palavras

    ResponderEliminar
  13. Isto é sinistro!

    Isto é que já não é novidade:

    http://absolutamenteninguem.blogspot.com/2007/06/dia-da-criana.html

    Isto já Ninguém quer comentar!

    Morrer, Viver Vai tudo trabalhar!

    ResponderEliminar
  14. mas desistir....não!

    parar, renascer, repensar

    mas desistir, não!

    p.p.

    ResponderEliminar
  15. Estive a ler todos os teus textos. Calculo que sejam ficção e não a tua realidade. Achei-os muito bem escritos e que mereciam ser divulgados em livro porque ajudariam muita gente a pensar. Agradeço também a tua visita ao meu blog e a oportunidade que me deste de te conhecer.

    ResponderEliminar
  16. Eu também não queria, mas aconteceu.


    Coelhinho

    ResponderEliminar