terça-feira, setembro 05, 2006

18 - Até à próxima noite

Afagas o meu choro com os teus beijos. Beijos que me calam e que deixam o meu corpo sem formas, para que se possa moldar de modo a encaixar no teu. Deixo que me domines. De todas as noites que fazemos amor caio morta nos teus braços, deixando que me ames até à exaustão. Horas de prazer. Momentos que me ficam gravados para os poder recordar assim que a porta se fecha e tu deixas de aqui estar. Beijas-me e depois dizes adeus. Agora, caminhas para a tua outra casa, para a tua outra mulher e para os teus filhos. Caminhas para a tua família e eu fico aqui à espera da próxima noite que virás até mim, amar-me como só tu sabes. Espero-te, sempre. Até à próxima noite.

27 comentários:

  1. Como já uma vez escrevi: "As Mulheres foram feitas para esperar e os Homens para viajar".
    To have, but not to hold, já cantava a Madonna.

    ResponderEliminar
  2. Peço desculpa por não ter respondido ao teu post mas estou ainda no antigo

    coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

    Sobre o teu post: A falha; a espera. A espera faz bem aos fracos. A procura faz-nos crescer..

    bjs

    ResponderEliminar
  3. "As Cores da Vida", um título tão bonito que dá voz a outros títulos igualmente bonitos e que, sem dúvida, merecem ser publicados e partilhados com todos. Gostei de visitar o seu blog e agradeço o comentário que teve a gentileza de deixar no meu. Continuação de boa semana e bem haja.

    ResponderEliminar
  4. Bonito texto. Obrigada pela visita.
    Bjs :o)

    ResponderEliminar
  5. Este texto está cheio de sensualidade :)**

    ResponderEliminar
  6. Obrigada pela tua visita. Quanto ao teu post de hoje, só quero dizer que era incapaz de partilhar um homem com outra mulher. Contudo, literariamente falanso acho este texto muito bem escrito.

    ResponderEliminar
  7. Joana,
    não concordo...!*

    Guilherme F.,
    ;-)


    Galeriacores1,
    obrigada ;-)

    Hindy :-)*

    sem comentários,
    cheio de vida... :-)*

    Luisa,
    também eu seria incapaz...
    Beijo*

    ResponderEliminar
  8. Tento decifrar-te... tento compreender... mas lá no fundo só mesmo tu sabes como é. *

    ResponderEliminar
  9. Madalena,
    Texto bem concebido.

    "O silêncio vale mais que mil palavras" ...

    Adorei sua visita
    Beijinho
    ConchitaMachado

    ResponderEliminar
  10. Muito bem escrito, imaginaçao muito fertil mesmo, nota-se um misto de erotismo, desejo, aventura, o que causa uma optima sensaçao.

    bjs e obrigado pela visita, passo a contar contigo no meu espaço ;) porque eu vou voltar de certeza :)

    ResponderEliminar
  11. Há quem diga que quem espera, desespera... ;)

    ResponderEliminar
  12. Gostei muito do teu blog... Tem textos muito bonitos...

    Voltarei !!!

    Beijoca :)

    ResponderEliminar
  13. assim como há quem se lastime por só ter a pessoa amada na hora do prazer, há quem se lastime por ter essa mesma pessoa amada o tempo todo, por já não aguentar os defeitos que o tempo não mostrou ainda. Defeitos esses que essa que espera até a próxima noite não conhecerá - ao menos demorará mais - e portanto terá um amante perfeito para sempre - ou pelo menos por muito mais tempo.

    Gostei do teu blog. Belos textos.
    Obrigado pela visita.

    ResponderEliminar
  14. Gostei de conhecer este blog e dos textos que tive oportunidade de ler. Espero voltar.
    Mas não posso deixar de agradecer a visita ao meu cantinho, na Praia da Claridade, um dos blogs onde realmente se pode aprender... (as palavras não são minhas, mas são muitas vezes, amavelmente, colocadas nos comentários).
    Agradecendo uma vez mais, envio os meus votos de boa semana.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  15. Gostei do teu cantinho. Os textos estão muito bem escritos, tocam-nos cá dentro, na alma!

    Obrigada pela visita e pelas palavras de apoio.

    Um beijinho e... até breve :)

    ResponderEliminar
  16. ...e quando se fechou a porta... o que terá ele sentido na viagem para casa, para aquela casa que tu escreves que ele habita com a mulher e os filhos... o que terá ele sentido???

    Adorei. Assim, como adoro sempre o que escreves.
    Continua assim Colorida.
    Um beijo da miudaaa

    ResponderEliminar
  17. Escreves excelentemente, mas hoje deixaste-me triste com o teu texto. Ficas á espera de alguem?! uma mulher não foi feita para esperar por alguem e muito menos por um homem, no maximo a mulher foi feita para sair ao lado dele...

    ResponderEliminar
  18. Gostei muito deste post e gosto muito do teu cantinho.
    Beijos de Luz

    ResponderEliminar
  19. Não sei se seria capaz de dividir um homem com outra mulher. Digo não sei, porque a vida me tem ensinado que só perante os factos saberemos como agir.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Escrito com o coração.

    ResponderEliminar
  21. ... ou como "amar" aos pedaços.
    ... Mas quem sabe, não seja, até, mais verdadeiro? Esta coisa dos casamentos nasceu para regular patrimónios e deixar descendência Saudável (antes todos os familiares se envolviam com todos)..
    Enfim..
    Reflexões.

    ResponderEliminar
  22. Há mulheres que possuem homens para amar e outras que lhes lavam as camisas.Ambas sofredoras. Ambas perdedoras.Espero, para tua felicidade, que este texto seja ficção.
    Um abraço grande

    ResponderEliminar
  23. Não é justo uma mulher aceitar ser "a outra"...

    ResponderEliminar
  24. Entendo o amor, irracional, total, sofrido, afastado, desgastado, monótono, saturado, ausente. Só não entendo, talvez porque sou homem, no meio de tantos, as razões que levam uma mulher, a quem um homem literalmente "come", a pensar que é adorada, como se o pequeno almoço ou a torrada antes de deitar não fossem uma simples refeição. Amor é ...

    ResponderEliminar
  25. Ao menos há a certeza que se calhar não seria um homem ideal para ti...lá vem o velho ditado"nas costas dos outros vemos as nossas" não é verdade?!!
    Gostei do texto!

    ResponderEliminar
  26. È triste uma mulher pertencer a um homem que não lhe pertence.
    Mas o amor conhece razões que a própria razão desconhece fazendo com que a pessoa concorde com injustiças que até lhe parece justas dado ao amor que sente por outra pessoa.
    ... mas até isso dura pouco...

    ResponderEliminar