quarta-feira, outubro 25, 2006

24 – Amor maternal

Adormeces e acordas dentro de mim. Vivemos juntas neste abraço eterno que é só nosso. Deixamos que os nossos olhos sorriam porque é assim que queremos viver; porque é assim que eu te quero ver a crescer, sempre com esse sorriso de criança, com esse sorriso que me alimenta e que me faz ficar assim, a olhar eternamente para ti.

Conheço-te. Sei quando os teus olhos me falam, porque tens a mania de falar assim, sem mexeres os lábios e, de olhar brilhante, vais segredando. Eu oiço-te, mesmo no meio desta Vida que é tão barulhenta, ou será tão silenciosa? Porque não há ninguém que queira ouvir e porque é assim que se vai vivendo, caminhando sempre num espaço oco de sentimentos e de desejos de amar.

Mas eu sei que serás, que já és um ser humano muito bonito e feliz.E, se um dia, tudo isto tiver que terminar, então que termine como tudo começou: com um sorriso. Porque somos humanos e nascemos a chorar e morremos a sorrir.

34 comentários:

  1. essa é a únicaligação que tu sabes chegará ao fim..
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. única ligação (errata)

    ResponderEliminar
  3. Concordo...." Porque somos humanos e nascemos a chorar e morremos a sorrir"....
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito deste teu texto.
    Revela muitas coisas boas acerca de ti.
    Bom fim-de-semana.
    Um beijo

    PS: cloquei o teu link (em Madalena)

    ResponderEliminar
  5. Olá
    Lindo o teu texto e tão verdadeiro!
    Está um dia lindo.. passa um óptimo fds com um grande sorriso no rosto... Bjhs com sabor a maresia

    ResponderEliminar
  6. Lindas as tuas palavras...

    Um bj sentido e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  7. Belas as Cores com que pintas a Vida...
    Sê feliz também.
    Bjs de Luz

    ResponderEliminar
  8. Eu acho é que devia ser proibido escrever tão bem. HUMPF!!!!

    :-)

    ResponderEliminar
  9. possas sempre partilhar esse olhar e esse sorriso que valem mais que um tesouro...

    um beijo doce *
    “·.¸Dreams¸.·”

    ResponderEliminar
  10. Unicus, será? ;-)

    Sophia,
    :))

    Nilson,
    um beijinho.
    Obrigada!

    maresia_mar,
    :)*

    sentidos,
    e o fds já está acabar...!
    hehe*

    MoonLight,
    nem sempre as cores são bonitas...

    Oh Ana,
    as tuas palavras fazem bem ao ego de qualquer um. Muito obrigada! Sabe bem ler coisas assim :-)*

    Dreams,
    partilha-se sorrisos e lágrimas... ;-)

    ResponderEliminar
  11. que palavras tão quidas.Boa semana

    ResponderEliminar
  12. lindo, simples e realmente: maternal.
    :)

    ResponderEliminar
  13. E como é que não te tenho nos meus links?

    Isto não fica assim, ai não e não... vou linkar-te e é já! =D

    Beijinho ;)

    ResponderEliminar
  14. Parece que foi a primeira vez que foste ao meu Blog. Agradeço a visita. Vim logo ao teu para te conhecer e encontrei textos maravilhosos sobre crianças felizes e infelizes. Gostei e virei mais vezes.

    ResponderEliminar
  15. Confesso que o assunto não me diz muito, não por falta de sensibilidade mas porque não tenho laços tão proximos que me permitam sentir a coisa mais na pele.
    Mas que resultou bonito o texto...lá isso resultou.
    Bjos daqui
    Eugénio

    ResponderEliminar
  16. Belíssimo...
    Amor entre palavras, o amor mais forte que existe... Amor Materno.

    Maravilhoso.

    :*

    ResponderEliminar
  17. Parabéns Mamã pelo teu lindo texto.

    ResponderEliminar
  18. Nem todos morrem sorrindo... nem todos vivem chorando... Há que sorrir mesmo quando se tem vontade de chorar e nos deixar perder na alegria de uma criança.

    Excelente texto! :)

    ResponderEliminar
  19. Apetece-me dizer apenas "senseful" e nem sei se a palavra existe! :) Beijos beijos :)

    ResponderEliminar
  20. também tenho amigas assim... sabem bem ao coração... (suspiro)

    ResponderEliminar
  21. Olha que bela lição!
    :)
    Como sempre gostei muito!
    As mães e os Filhos... anseio para perceber o misterio dessa relação!
    :)

    ResponderEliminar
  22. Amei, como sempre as tuas palavras... e fiquei rendida ao final, quando dizes que nascemos a chorar e morremos a sorrir...
    pergunto-me será o nosso sinal de missão cumprida para o mundo? e será que todos cumprimos o nosso papel... pronto. ficava aqui a divagar.

    um beijo de miudaaa

    ResponderEliminar
  23. Sei valorizar cada palavra tua neste texto.
    :-)

    Beijo daqui das minhas noites de lua cheia.

    ResponderEliminar
  24. Muitos sentimentos e emoções. É (será) o milagre da vida?
    Uma pequena Epifânia...(como lhe gosto de chamar).
    Gostei muito das palavras.
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. A vida começa e acaba com um milagre, distintos, mas milagres.

    Lindo, gostei mto

    Bjo

    C.

    ResponderEliminar
  26. Gostei dos sentimentos aqui postados e descritos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Gostei muito do teu texto. Tocou, especialmente, no meu coração de mãe!

    Bom fim de semana!
    Um beijo :)

    ResponderEliminar
  28. Hummm... não sei se concordo com a parte do "morremos a sorrir"

    Beijos de enxofre

    ResponderEliminar
  29. E, com ternura, um beijinho a todos :-)**

    ResponderEliminar
  30. bela frase! "nascemos a chorar e morremos a sorrir"

    ResponderEliminar
  31. Simplesmente horrivel
    e o crespo e feio

    ResponderEliminar