segunda-feira, julho 17, 2006

6 – Haja amor e tudo é possível

Ouve, Maria. Escuta. Não ouves? Não há nada para ouvir? Só há silêncio? Pois é isso que eu quero que oiças. Ouvir o silêncio é saber ouvir-te a ti mesma. O silêncio pode ser tranquilizador, mas também pode ser traiçoeiro e, em vez de calma e harmonia, pode fazer com que fiquemos sobressaltados, amedrontados e, até mesmo, aterrorizados. Calma, não tenhas medo, Maria. Tudo depende da maneira como o ouves. Não consegues, não é? Olha, aprende amar-te e, depois disso, vais ver que tudo é possível.

15 comentários:

  1. Ola Madalena,
    uma grande verdade: ninguém consegue gostar de ninguém senão gostar 1º de si próprio, a falta de auto-estima não deixa o ser humano ser feliz. Bjhs

    ResponderEliminar
  2. Se eu não gostar de mim quem gostará?!Será mesmo assim?!

    Beijinho
    ***

    ResponderEliminar
  3. querida madalena,

    eis a definição de silêncio

    obrigada por estas palavras

    beijinhos

    alice

    ResponderEliminar
  4. Há anos conheci uma pessoa que dizia que se toda a gente fizesse 5 minutos de silêncio todos os dias o mundo mudava. Lembro-me muitas vezes disso e de como ele tinha razão.

    Vim conhecer as cores da tua escrita e gostei muito, obrigada pela tua visita!

    ResponderEliminar
  5. Pois que haja amor e tudo será possível, passei por aqui e gostei, volto se não te importares.

    ResponderEliminar
  6. Realmente, se não gostarmos de nós, não teremos condições de amar ninguém, nem sequer de escutar os sons do silêncio...
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Sem duvida, quando gostamos de nós proprios parece mais facil aceitar o amor de alguem.
    O silencio quando ouvido, é mais sabio que muitos sabios.

    ResponderEliminar
  8. Aprender a amarmo-nos é essencial.Obrigada, Madalena pelas palavras simpaticas no meu blog.
    Voltarei, Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. (shiu..) estou a ouvir-me!

    ResponderEliminar
  10. ....vou f-a-l-a-r b-a-i-x-i-n-h-o p-a-r-a n-ã-o q-u-e-b-r-a-r o- t-e-u s-i-l-ê-n-c-i-o...;P

    ResponderEliminar
  11. Que bonito Silêncio...
    E por momentos parecia ler Saramago, tal era a forma como estava arquitectado o discurso!
    Parabéns
    Bjs
    Eugénio Rodrigues

    ResponderEliminar
  12. Se não nos amammos a nós não conseguiremos jamais amar os outros.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  13. Obrigada a todos que aqui comentaram :-)

    Beijo!!*

    ResponderEliminar
  14. ...
    shiu
    ...
    ela está a escutar-se a si mesma
    ...
    já não tem medo
    ...
    shiu
    ...

    ResponderEliminar
  15. Não podia concordar mais contigo, Madalena!!
    Obrigado pela tua visita!
    Beijos

    ResponderEliminar