terça-feira, fevereiro 02, 2010

45 - A voz

A voz suave que me percorre o corpo, que me abraça e me conforta. A voz com que sonho, com que desejo, com que vivo. A voz que eu oiço, que só eu oiço, à espera de um dia ter a força para, num simples murmuro, poder ser ouvida, escutada. A voz que, por tantas vezes, foi obrigada a se calar. Ah, esta voz... é menina, de pés descalços e rouca, rouca de gritar para um povo que não a quer ouvir, que finge não existir. Um povo que não se digna a Viver, apenas se limita a existir. A voz insiste e existe!, mas esta gente teima em fingir que nada acontece, que nada importa, que nada interessa, que nada revolta! Ah, como esta gente é louca, louca por se deixar envolver numa realidade que não existe; louca por se deixar conformar e mergulhar num fundo onde a lágrima e o rosto de sufoco daquela pequena criança, não é capaz de transparecer. Depois choro, como se o meu choro pudesse calar a voz que insiste, que persiste, que luta e não desiste. Quase que morro de angustia ao ver a inércia deste povo. Ah, que povo, que ausência de carácter, que ausência de humanismo. Ah, como isto me sufoca, me entristece, me revolta. Delicadamente, aos poucos, eu darei forma a esta voz e, esperando que não seja tarde de mais, ela vai ser ouvida e envergonhará cada um que se deixou conformar com um mundo politicamente correcto, mas sem escrúpulos.

Um dia, irei ver esta voz que, embora rouca, transpirará o brilho de ter conseguido; de ter transformado ausência em presença, inércia em acção e a lágrima só será permitida quando o sorriso não for suficiente para expressar o mais bonito dos sentimentos.

21 comentários:

  1. Mais uma vez no teu melhor!
    Rouca ou não, uma voz é sempre uma voz, e quando ela grita, persiste, luta e não desiste, acaba por ser ouvida.

    :) @

    ResponderEliminar
  2. Um dia mais vozes como a ttua irão se erguer...
    Um dia ...tem Fé. e ainda bem que a gente se comove e se importa...é sinal que alguém ainda "sente"! Loucos os que tapam os ouvidos e fecham os olhos...


    BJ em azul
    BSheLL

    ResponderEliminar
  3. Como "essa voz" é necessária em tantos países...
    Como é preciso acordar o ser humano da letargia...
    Todos nós temos uma ALMA...
    Todos nós temos CORAÇÃO...
    Todos nós temos SENTIMENTOS
    mas parece que muitos ESTÃO MORTOS ANTES
    DE MORRER!!!
    Saudações bloguistas/Irene

    ResponderEliminar
  4. Um texto tão belo de esperança, Sara..
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Olá

    A esperança é a última a morrer!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Lindo este texto...como tu.
    Beijocas
    Graça

    ResponderEliminar
  7. Vozes mudas, gritantes que em ecos se confundem nos sentidos dos demais ... porque se escondem, porque se negam, porque mais que as ouvir, as querem ver jamais ... surgem porem as vozes ja roucas de tanto lutar, como a da criança que escreve e se sente nas palavras aqui dedilhadas ... alma pura que se permite á partilha, que insiste em soar seu explendor sem rimas ensaiadas ... tocaste-me o ser em razões que desconheces, brindaste com tua, minha alma no eco dessa rouca voz impetuosa ... agradeço humildemente na intensão do mais puro elogio a esta só tua, agora nossa, envolvente prosa!

    Li-te, Ouvi-te, Senti-me ! Obrigada

    Bjs, N.P.

    ResponderEliminar
  8. um dia vamos falar mais alto :)

    ResponderEliminar
  9. Há vozes que nos chegam pertinho do coração.

    ResponderEliminar
  10. Lindo texto que fala de esperança.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa noite para você.
    Saudações Florestais !

    ResponderEliminar
  11. Oi Madalena,
    às vezes o silencio também é um grito, uma voz.

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. A voz
    -----------
    A voz, algo que nos pode seduzir ou afastar.
    ---------
    Fica bem.
    E a felicidade por aí.
    Manuel

    ResponderEliminar
  13. Oi, Sara!
    Obrigada pela visita!
    A voz é uma conquista da evolução humana das mais valiosas.
    Seu texto nos demonstra essa verdade. Sensível e inteligente. Parabéns!
    Ótimo final de semana e...ouvindo a nossa Elis Regina, rainha da voz!!!Bjsss

    ResponderEliminar
  14. Feliz Dia da Mulher, amiga!
    Muitos beijos, flores e lindos sorrisos... sempre!

    ResponderEliminar
  15. Passei para te dizer. Em breve vou "postar"....a pensar nas tuas cores....porque não!!!!
    Gostei de ler as tuas palavras. Tens um não- sei-bem-o-quê de mistério.....
    bj
    gui
    coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  16. Madalena,

    Um belo texto, que aborda um tema delicado com muita sensibilidade!

    BeijO
    AL

    ResponderEliminar
  17. Bonito texto. Tantas vozes também me rodeiam. Deixo um beijo.

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  19. Espero que possas encontrar a paz que tanto procuras, amiga! Espero que tua alma possa ser leve e ao mesmo tempo que tua presença pese (positivamente) e nos faça conhecer-te e admirar-te cada vez mais.

    Abraços cordiais.

    ResponderEliminar
  20. um beijinho muito grande a todos :) obrigada *

    ResponderEliminar